Prefeitura de Teófilo Otoni decreta situação de emergência após chuvas

teofilototoni

A prefeitura de Teófilo Otoni decretou estado de emergência, nesta segunda-feira, após temporal que causou uma enchente e desabamentos na cidade do Vale do Mucuri no último fim de semana. Seis famílias foram orientadas a deixar suas moradias, devido ao risco de desabamento.

Com a chuva intermitente caindo desde a madrugada da última sexta-feira, as equipes da Defesa Civil do município atenderam a mais de 40 chamados de emergência. Entre as ocorrências mais registradas houve deslizamentos de terra, queda de barrancos, muros e árvores, infiltrações e rachaduras em residências.

Segundo a prefeitura, as equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos estiveram durante todo o domingo retirando lama dos locais mais atingidos, com auxílio de um caminhão-pipa. A prefeitura informou ainda que as famílias retiradas das áreas de risco receberam suporte para pagar aluguel por um período de três meses, além de receber alimentação e serem cadastrados nos programas sociais.

De acordo com o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), nos últimos três dias Teófilo Otoni registrou mais de 180 milímetros de chuva, o que ultrapassa todo o volume esperado para o mês, de 174 milímetros. Os bairros mais atingidos foram Frei Dimas, Teófilo Rocha, São Cristóvão, Bela Vista, Palmeiras, Concórdia, Manoel Pimenta, Mucuri, Alto da Copasa, Marajoara e Novo Horizonte.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie
Via Estado de Minas